CACI

Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão

CaciMourisca.png
CaciSaoFilipe.png
CaciPortinho.png
Caci_Sado.png
Caci_Tróia.png

Quem somos

Resposta social de base comunitária, com uma regulamentação centrada em novos desafios, como a promoção da autonomia, da vida independente, da qualidade de vida, da valorização pessoal, profissional e da inclusão social, em concretização dos princípios e valores preconizados nos instrumentos legais nacionais e internacionais que enquadram os direitos das pessoas com deficiência.

Respostas diferenciadas necessidades das pessoas com deficiência, com graus de dependência e incapacidade diferenciados, exigentes do ponto de vista das qualificações e aprendizagens mais capacitantes do ponto de vista dos processos de autonomização e inclusão.

Sempre que possível, a transição para programas de inclusão socioprofissional ou para medidas de reabilitação profissional, com base na individualidade da pessoa com deficiência, como sujeito de direitos, titular de uma cidadania plena e que deve ser capacitada e estimulada a fazer as suas escolhas, em igualdade de oportunidades.

O CACI destina-se a pessoas com deficiência, com idade igual ou superior a 18 anos, que não possam por si só, temporária ou permanentemente, dar continuidade ao seu percurso formativo ou exercer uma atividade profissional, ou ainda que se encontrem em processo de inclusão socioprofissional, designadamente entre experiências laborais.

2

Serviços

  • Alimentação e cuidados pessoais; 

  • Apoio terapêutico; 

  • Promoção e desenvolvimento do bem-estar físico, emocional, psíquico e social; 

  • Transporte; 

  • Apoio na capacitação dos cuidadores informais; 

  • Deve cooperar e articular com outras entidades e serviços da comunidade, designadamente da área da educação, saúde, segurança social, emprego e formação profissional, promovendo igualmente iniciativas de trabalho em rede para identificação e sensibilização das estruturas existentes na comunidade, designadas por entidades externas. 

3

PIRÂMIDE

  • Direitos 

  • Participação Social e Económica 

  • Maximizar Possibilidades e Oportunidades 

  • Meio de Capacitação para a Inclusão 

  • Facilitar e Mediar Percursos de Aprendizagem e Inclusão 

  • Modelo de Atividades e Serviços 

4

PRINCÍPIOS ORIENTADORES

5

objetivos

  • Criar condições que visem a valorização pessoal e a inclusão social de pessoas com deficiência; 

  • Desenvolver estratégias de promoção da autoestima e da autonomia pessoal e social, através do envolvimento e participação ativa dos/as próprios/as na definição das atividades a desenvolver; 

  • Promover o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e relacionais,  tendo em conta o perfil, as aptidões, os interesses e necessidades, com vista a capacitar e maximizar as suas oportunidades de participação social e económica; 

  • Contribuir para o bem-estar emocional e social, através da qualificação das  atividades desenvolvidas, no que diz respeito ao número, variedade e natureza, privilegiando as atividades focadas na singularidade de cada pessoa com deficiência, promovendo o seu bem-estar e qualidade de vida; 

  • Articular os processos de transição para programas de inclusão socioprofissional ou de reabilitação profissional; 

  • Desenvolver atividades e serviços centrados em facilitar/mediar percursos de aprendizagem  e de inclusão, que possibilitem  um  maior  acesso  à comunidade,  aos  seus recursos e atividades; 

  • Fomentar a participação ativa das pessoas com deficiência, da respetiva família e/ou representante legal na definição do projeto de vida da pessoa com deficiência, que se consubstancia na celebração do plano individual de inclusão (PII); 

  • Promover medidas e ações de capacitação e de aprendizagem ao longo da vida, observando a evolução das características individuais de cada destinatário, potenciando sempre a sua autonomia e inclusão; 

  • Dinamizar ações de inclusão na comunidade, que promovam a alteração das representações, dos valores e das atitudes da sociedade face às pessoas com deficiência, e a melhoria da sua qualidade de vida. 

6

atividades

Atividades de interação com o meio 

 

As atividades de interação com o meio têm por objetivo desenvolver as competências pessoais, sociais e relacionais das pessoas com deficiência, estimulando a sua capacitação cognitiva e a sua socialização, mediante a realização e o envolvimento em 

experiências diversificadas na comunidade. 

  

Atividades socialmente úteis 

 

As atividades socialmente úteis visam o treino de competências sociais e profissionais em contexto real de trabalho, devendo ser privilegiado o seu desenvolvimento 

em entidade externa ao CACI. 

 

Atividades de qualificação para a inclusão social e profissional 

 

As atividades de qualificação para a inclusão social e profissional visam o desenvolvimento das 

competências pessoais, profissionais e de participação social da pessoa com deficiência, com vista à sua autonomia e vida independente, designadamente, mediante o cumprimento de um plano individual de transição (PIT) para programas de inclusão socioprofissional ou para medidas de reabilitação profissional que possibilitem o exercício de uma cidadania plena, em 

igualdade de oportunidades, com os demais cidadãos. 

WhatsApp Image 2022-02-02 at 04.44.44 (1).jpeg
WhatsApp Image 2022-02-03 at 20.58.14.jpeg
WhatsApp Image 2022-02-03 at 19.47.54.jpeg