Centro de Recursos para a Inclusão

O Centro de Recursos para a Inclusão (CRI) é uma das respostas sociais da APPACDM-Setúbal, regulamentado pelo Dec. Lei 54/2018 e 6 de julho e tutelado pelo Ministério da Educação e Ciência. É um recurso específico de suporte à aprendizagem e inclusão, que apoia e intensifica na escola a promoção do sucesso educativo de todos os alunos.
O CRI é formado por uma equipa multidisciplinar, constituída por 6 Terapeutas da Fala, 4 Psicólogos, 2 Técnicos Superiores de Educação e Reabilitação, 1 Fisioterapeuta, 1 Terapeuta Ocupacional. A equipa faz o acompanhamento de alunos em escolas dos concelhos de Setúbal e Palmela.
São objetivos gerais do CRI o apoio à inclusão de crianças e jovens com necessidade de mobilização e medidas adicionais de suporte à aprendizagem e inclusão, através a facilitação ao ensino, formação, trabalho, lazer, participação social e vida autónoma, promovendo o máximo potencial de cada aluno, em pareceria com as estruturas a comunidade.
Como objetivos específicos, os técnicos do CRI colaboram:
  • No processo  de identificação de medidas de suporte;
  • No processo de transição para a vida pós-escolar;
  • No desenvolvimento de ações de apoio à família;
  • Na prestação de apoios especializados nos contextos educativos.
De um modo geral, os apoios especializados do CRI destinam-se a reduzir ou eliminar barreiras que se colocam à aprendizagem e à participação dos alunos em contexto educativo, tal como apoiar os processos de transição para vida pós-escolar. Neste âmbito, o apoio prestado contribui para que os alunos alcancem os objetivos e as competências curriculares estabelecidas, visando:
  • A melhoria da funcionalidade;
  • A otimização das aprendizagens;
  • A elevação dos níveis de participação