XIX Festival ExpressArte

Festival Express’Arte

Participantes, parceiros, apoiantes:

Concluímos, ontem, a décima nona edição do Festival Express’Arte.
Hoje, iniciamos o caminho que nos há-de levar à vigésima edição.

Cabe-nos a todos percorrê-lo com orgulho, com responsabilidade, com ambição.
O Express’Arte é singular nos objectivos, nos processos, na valorização e promoção dos cidadãos, dos grupos sociais e das comunidades, na inclusão pela arte, na democratização dos bens culturais e da produção artística.

Mas quem faz bem, tem sempre a responsabilidade de fazer ainda melhor. Nessa demanda, qualificar, renovar, inovar, têm de continuar a ser os nossos pontos cardeais.
Não nos pode bastar fazer bem e como mais ninguém. Despertos, curiosos, desassossegados, temos de persistir no questionamento e na problematização, temos de acentuar a ousadia, temos de favorecer a ambição.

Em equipa, fomos capazes de fazer, este ano, o melhor Festival de todos quantos já foram realizados; em equipa, vamos ser capazes de fazer, no próximo ano, o melhor Express’Arte de sempre enquanto o futuro não virar presente.
Obrigado!

O Presidente da Direção
Prof. José Maria da Silva Salazar